BLOG MAPEL NEWS

Como surgiram os Duplicadores Digitais?

Os duplicadores digitais são equipamentos velozes e econômicos para quem precisa de grande velocidade em impressão. Escolas, órgãos públicos e gráficas, por exemplo, necessitam de aparelhos que atendam essa demanda. Os duplicadores digitais foram criados a partir dos mimeógrafos, que é considerado uma das primeiras máquinas de impressão no mundo. Era uma forma prática e barata para impressões em pequenas tiragens, e foi muito utilizado nas escolas. O papel usado para se escrever os textos era o estêncil, que era impermeável e continha uma tinta concentrada em uma das faces. O álcool era colocado em um recipiente na máquina que dissolvia a tinta do papel estêncil, então se girava a manivela e as cópias ficavam prontas nas folhas brancas. A partir dos anos 80 novos equipamentos foram surgindo no mercado, aprimorando a forma de impressão em grande demanda. Com um scanner para digitalizar o original a imagem era gravada em um papel especial afixado no clindro pelo qual fluia a tinta. Outro processo de evolução foi a fotocópia, que utiliza um toner para imprimir. Esse é caracterizado por um sistema analógico, hoje já existem em equipamentos digitais que trabalham com dispositivo de carga acoplada. Esses novos equipamentos digitalizam imagens e a projetam com laser usando um cilindro. As imagens digitalizadas não perdem em qualidade permitindo uma ótima impressão dos arquivos. A Mapel atua no mercado de impressão desde 1978 e uma das primeiras atividades foi a assistência técnica para mimeógrafos e também comercialização dos primeiros duplicadores que chegaram ao mercado. Hoje a Mapel é a revendedora exclusiva de duplicadores da Riso em Minas Gerais!

 CONTATO

ENVIE UMA MENSAGEM

Todos os direitos reservados.

MATRIZ: Avenida Amazonas, 5416 - Nova Suíça Belo Horizonte - MG -  CEP: 30421-060 - Tel.: (31) 3211-0011